Tokyo Blade - Fury (2022)

Com pouco mais de quarenta anos os britânicos do Tokyo Blade acabam de lançar o seu décimo álbum de estúdio, intitulado Fury.
Não restam dúvidas que o Tokyo Blade vem carregando a bandeira do NWOBHM durante estes quarenta anos, e o mais incrível de Fury é que estamos falando de um álbum com quinze músicas que dura pouco mais de uma hora e vinte minutos e que nunca soa cansativo ou enjoativo, o nível criativo tanto da parte lírica como da sonoridade dos ingleses é impressionante, intenso, cativante, divertido temos aqui uma verdadeira aula de como se fazer um álbum de Heavy Metal. Alan Marsh continua cantando muito, e mostrando que parece melhor álbum após álbum, o trabalho de guitarras da dupla Andy Boulton e John Wiggins é assombroso, riffs poderosos e solos perfeitamente elaborados são um dos vários ponto altos de Fury.
Tokyo Blade é uma banda pouco falada, pouco lembrada e muito subestimada, para quem acha que o auge dos caras foi apenas nos dois primeiros álbuns, está redondamente enganado, Fury será certamente um dos melhores álbuns deste ano. Vida longa ao Tokyo Blade!
#tokyobladeband

en_USEnglish